Presidenta da FMAC lamenta morte de Mestra Zelina, rainha do Guerreiro São Pedro Alagoano

A presidenta da Fundação Municipal de Ação Cultural  (FMAC) se solidariza com a família da mestra do Guerreiro Zelina Sebastiana dos Santos , que morreu nesta terça-feira (6), aos 82 anos, vítima de infarto. Mestra Zelina era a Rainha do Guerreiro São Pedro Alagoano, cuja sede fica no Conjunto João Sampaio, na Chã da Jaqueira, em Maceió.

A mestra foi discípula de Mestre Benon, com quem brincou no famoso Guerreiro Treme Terra. Seus primeiros passos na brincadeira ocorreram aos seis anos, quando morava no Povoado Salgado, no município de Maribondo. Foi lá que conheceu e se tornou afilhada da mestra Joana Gajuru, recebendo depois a coroa de Rainha do Guerreiro.

Mestra Zelina nasceu em seis de março de 1940, em Palmeira dos Índios. Era descendente do povo indígena Xucuru Kariri. Foram 75 anos dedicados ao Guerreiro, folguedo que se tornou símbolo da cultura alagoana.

Fonte: Prefeitura de Maceió