População pode acionar o Procon Maceió para denúncias e reclamações

O Procon Maceió tem o objetivo de orientar, proteger e defender os consumidores. Os maceioenses podem acionar o órgão municipal de defesa do consumidor para realizar atendimentos, denúncias, reclamações ou solicitar a fiscalização.

Entre as demandas mais comuns estão o superendividamento com instituições financeiras, problemas com planos de saúde e de telefonia. Diante disso, o órgão trabalha na atuação dessas irregularidades.

Foto: Procon Maceió

“É importante ter um órgão que atenda essa necessidade e que facilite não só para o consumidor que reside aqui, como também para a implantação de políticas específicas. É preciso que a população denuncie ou reclame ao órgão para que as demandas solicitadas e feitas às empresas sejam resolvidas”, frisa Leandro Almeida, diretor executivo do Procon Maceió.

As fiscalizações

As fiscalizações do Procon Maceió acontecem da seguinte forma: os especialistas vão até às ruas para fazer as vistorias e orientar os estabelecimentos comerciais sobre melhores práticas. Dentre os pontos que o órgão atua estão as lojas de departamento, bares, panificadoras, hotéis, dentre outros.

“Nas fiscalizações de ofícios a equipe é preparada para atuar nas temáticas de maior impacto para o consumidor, como a emissão dos cupons, a cobrança de preço abusivo, o prazo de validade dos produtos e como está sendo aplicado o Código de Proteção e Defesa do Consumidor (CDC)”, afirma o diretor.

As audiências

O órgão também atua com as audiências que, anteriormente, aconteciam de forma presencial. Hoje, devido à pandemia do coronavírus, elas estão sendo feitas on-line.

“Toda reclamação que não é prontamente atendida, seja por uma ligação ou por uma carta enviada às empresas, marcamos uma audiência de conciliação. Convocamos o consumidor e a empresa a fim de solucionar a demanda e evitar, assim, que se transforme em um processo judicial”, conclui Leandro.

Atendimentos

O consumidor que tiver denúncias ou reclamações pode entrar em contato pelo telefone 0800 082 4567 ou no WhatsApp (82) 98882-8326. Na sede do Centro Universitário Uninassau, que fica no bairro Farol, o atendimento é realizado pelo telefone (82) 99435-4950.

Já na unidade do Procon Maceió no Centro Universitário Mário Pontes Jucá (antiga FAT), no Barro Duro, o consumidor pode se dirigir ao local e fazer reclamações de forma presencial, de segunda à sexta-feira, das 8h às 13h.

Para formalizar as denúncias é necessário entregar as cópias do RG, CPF, comprovante de residência e outros documentos que forem necessários para comprovar as denúncias de abuso aos direitos do consumidor.

Karyne Gomes/Procon Maceió

Fonte: Prefeitura de Maceió