Ordenamento do Centro traz mobilidade e melhora fluxo do comércio em Maceió

As ações de ordenamento do Centro de Maceió tiveram início nesta terça-feira (1) com grande aceitação de ambulantes, comerciantes e da população que transita pelo local. A desobstrução de calçadas e frentes de lojas trouxe mobilidade para a região e visa melhorar o fluxo do Comércio de Maceió.

O trabalho, que está sendo realizado por etapas, teve foco, neste primeiro momento, no Calçadão do Comércio e entorno da Praça dos Palmares. Fiscais da Secretaria Municipal de Segurança Comunitária e Convívio Social (Semscs) e agentes da Guarda Municipal disciplinaram o comércio ambulante na região.

No Calçadão do Comércio, ambulantes foram alocados em canteiro central para garantir mobilidade à população (Fotos: Ascom Semscs)

No Calçadão, os ambulantes que se espalhavam por diversos pontos da via e obstruíam a entrada das lojas, foram realocados para um canteiro central, onde passam a comercializar seus produtos de forma ordenada. Ainda dentro das medidas de ordenamento, carros de fruta, churrasquinho e congêneres não podem comercializar no Calçadão até às 17h, uma vez que esta modalidade de serviço promove sujeira e traz prejuízos a população.

Já na Praça dos Palmares, as calçadas antes tomadas de produtos do comércio informal foram desobstruídas, assim como coberturas improvisadas precisaram ser retiradas para garantir o fluxo de pessoas no passeio público.

Na Praça dos Palmares, calçadas foram desobstruídas e ambulantes orientados sobre ordenamento (Foto: Ascom Semscs)

O secretário de Segurança Comunitária e Convívio Social de Maceió, Thiago Prado, destaca que o ordenamento visa atender o pleito dos lojistas, ambulantes e dos cidadãos que frequentam o importante espaço econômico da cidade.

“Nós identificamos que os ambulantes estavam obstruindo as entradas das lojas e também a passagem de pessoas ao longo de toda a faixa do Calçadão, isso porque eles estavam distribuídos de maneira desordenada. Então, fizemos um planejamento estratégico, inclusive com reunião com lideranças do comércio informal, no sentido de traçar um ponto de equilíbrio que atendesse o pleito de todos. Dessa forma, iniciamos o ordenamento, promovendo o alinhamento dos comerciantes ao centro do calçadão, de modo a permitir a passagem de pessoas de ambos os lados e também a desobstrução da entrada das lojas”, explicou o secretário.

Durante a ação de ordenamento, não houve resistência dos ambulantes, mas muito material chegou a ser recolhido, entre eles estrutura de barracas fechadas no entorno da Praça dos Palmares. “Encontramos algumas barracas desocupadas, apenas especulando a área pública. Tinha bares e até caça-níquel na área do camelô. Agora a área será monitorada para coibir qualquer ilicitude que venha a ser praticada no local”, reforçou o secretário.

Secom Maceió

Fonte: Prefeitura de Maceió