Vice-prefeito Ronaldo Lessa entrega ticket alimentação a famílias no Vale do Reginaldo

Ação é fruto de parceria da Prefeitura de Maceió com a ONG Gerando Falcões e beneficiária duas mil famílias em vulnerabilidade social

O vice-prefeito de Maceió, Ronaldo Lessa, entregou, nesta sexta-feira (6), tickets de alimentação a famílias do Vale do Reginaldo. A iniciativa, uma parceria da Prefeitura de Maceió com a ONG Gerando Falcões, faz parte do programa Corona no Paredão, Fome Não, que investirá R$ 500 mil e beneficiará cerca de 2 mil famílias em vulnerabilidade social na capital, com cartões de alimentação no valor de R$ 300.

“Essa parceria com a Gerando Falcões é fundamental para a gente melhorar vidas. É uma satisfação voltar à vida pública e voltar na condição de vice-prefeito para ajudar a contribuir com o desenvolvimento de Maceió. E o prefeito JHC tem tentado de todas as formas chegar junto do povo. O gabinete está aberto para ouvir soluções, sugerir para que juntos a gente possa melhorar a qualidade de vida das pessoas”, destacou Lessa.

Vice-prefeito Ronaldo Lessa ressalta que a Prefeitura está chegando cada vez mais próxima da população. Foto: Edvan Ferreira

As famílias são selecionadas seguindo o perfil do banco de dados do Cadastro Único. A partir disso, a Secretaria de Assistência Social realiza uma triagem e análise para que as famílias que têm renda de até R$ 178,00 sejam beneficiadas. Nesta entrega, foram contempladas mais de 150 famílias.

“Essa é uma parceria da Prefeitura junto com a Gerando Falcões, e a Assistência Social presente para buscar o perfil da pessoa que precisa receber o cartão. Já passamos pelo Benedito Bentes, Vergel Ponta Grossa e hoje estamos no Vale do Reginaldo para mais uma entrega”, destacou o secretário de Assistência Social, Carlos Jorge.

Secretário Carlos Jorge comemora avanço do programa que beneficia famílias residentes em áreas com vulnerabilidade social. Foto: Edvan Ferreira

“Chegou na hora certa”

Milena Gomes, de 23 anos, é mãe de dois filhos e atualmente só conta com renda oriunda do Programa Bolsa Família e auxílio emergencial. Para ela, o benefício chegou na hora certa.

“Esse cartão vai fazer muito bem para mim e minha família. Não esperava receber esse dinheiro. Os pais dos meus filhos ajudam, mas nunca é o essencial para tudo que eles precisam, então assim que sair daqui vou direto fazer as compras dos alimentos que estão faltando em casa”, contou.

O benefício será entregue em duas parcelas de R$150,00, o que totaliza em R$ 300,00 de benefícios para as famílias maceioenses.

Serão beneficiadas as famílias cadastradas no Cadastro Único e atendidas pelos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), Centro de Atendimento Socioassistencial (CASA), nos Conselhos Tutelares de Maceió e as instituições socioassistenciais Casa de Ranquines, Instituto Amigos da Sopa, Sementes do Vale e GeAme.

Família contemplada com o programa Corona no Paredão, Fome Não. Foto: Edvan Ferreira

Gerando Falcões

A ONG é um ecossistema de desenvolvimento social que atua em rede para acelerar o poder de impacto de líderes de favelas de todo país que possuem um sonho em comum: colocar a pobreza das favelas no museu. O foco são iniciativas transformadoras, capazes de gerar resultados de longo prazo. A Gerando Falcões entrega serviços de educação, desenvolvimento econômico e cidadania em territórios de favela e executa programas de transformação sistêmica de favelas, como o Favela 3D.

Sthefane Ferreira e Niviane Rodrigues / Secom Maceió

Fonte: Prefeitura de Maceió