US Tereza Barbosa discute a integralidade nos processos organizativos em saúde

Equipe discute princípio do Sistema Único de Saúde – SUS no cotidiano dos serviços de saúde

Dando seguimento ao calendário dos encontros mensais de sua ação interna de humanização – a “HumanizaTeca” –, a Unidade Básica de Saúde Tereza Barbosa, localizada no Eustáquio Gomes, reuniu a equipe para abordar o tema “Integralidade”, no cotidiano da unidade.

Equipe se reúne mensalmente para o debate de temas voltados à assistência. Foto: Divulgação

A psicóloga Paula Quitéria iniciou a atividade com a abordagem conceitual do tema entre os participantes, que elencaram várias interpretações acerca da temática. “A leitura dinâmica da resenha crítica de um artigo científico complementou o debate, norteando a reflexão e levando à compreensão do tema, construído de forma mútua entre os participantes”, frisou Paula.

À gerente administrativa Michelle Gama, coube apresentar os aspectos conceituais sobre a integralidade no Sistema Único de Saúde – SUS – , associada a definições como “princípio doutrinário constitucional e fundamental, diretriz base do SUS” e “conjunto de noções pertinentes a uma assistência ampliada, com articulação das ações dos profissionais”.

“O objetivo da atividade foi conduzir a equipe para a compreensão de que a atenção e o cuidado nos espaços da saúde deve se concretizar de forma multiprofissional. Dessa forma, torna-se imprescindível a colaboração entre os profissionais e a interação entre o conhecimento das áreas, pois a integralidade do cuidado à saúde só pode ser obtida em rede”, reforçou Michelle Gama.

Para finalizar, o grupo incluiu, num mapa mental elaborado com a colaboração da equipe, tarjetas com palavras – interação, união, cooperação, acolhimento, cuidado e atenção – e frases, consolidando todo o conteúdo trabalhado, levando a uma atitude reflexiva dos profissionais envolvidos.

Mapa mental ajudando na compreensão da abordagem. Foto: Divulgação

“Uma frase, porém, recebeu uma ênfase especial: “Cada um ajuda o outro a fazer o todo”. Para nós, essas são as palavras de ordem que norteiam a assistência em saúde que se deseja ofertar ao maceioense”, destacou a gerente da unidade.

Ascom SMS

Fonte: Prefeitura de Maceió