Procon Maceió alerta a população sobre falsos consórcios imobiliários

O Procon Maceió firmou uma parceria com o Conselho Regional dos Corretores de Imóveis (Creci-AL) para combater falsos consórcios na capital. Os golpes vêm ocorrendo através de redes sociais, onde empresas estão anunciando imóveis com fotos e características técnicas, como se estivessem exercendo a função de corretor de imóveis ou imobiliária.

De acordo com dados do órgão de proteção ao consumidor, ao todo, foram registrados aproximadamente 28 reclamações pelos canais de atendimento, um aumento de mais de 200% de denúncias contra as administradoras de consórcios no primeiro semestre de 2021, em comparação com o mesmo período do ano passado, que teve apenas cinco reclamações.

A ilegalidade motivou a Fiscalização do Conselho a autuar duas empresas nesta semana, no centro de Maceió.

O presidente do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis (Creci-AL), Edilson Brasileiro; e o diretor-executivo do Procon Maceió, Leandro Almeida firmaram o acordo. Também estavam presentes na reunião os representantes do Conselho Tales Cardoso, Vilmar Pinto e Ronaldo Júnior.

Parceria entre Creci/AL e Procon Maceió visa ampliar os serviços prestados ao maceioense. Foto: Procon Maceió

‘‘Os especialistas recomendam mais cuidados com ofertas de consórcios e que exijam a certificação da Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios [ABAC], que é a entidade de classe sem fins econômicos que representa o Sistema de consórcios em todo o território nacional’’, alertou o presidente do Conselho.

Também estavam presentes na reunião os representantes do Creci, Tales Cardoso, Vilmar Pinto e Ronaldo Júnior. Foto: Procon Maceió

Outros Atendimentos

Para os demais serviços e atendimentos do Procon Maceió, basta entrar em contato pelos telefones 0800 082 4567 ou no WhatsApp (82) 98882-8326.

Os atendimentos presenciais estão sendo realizados em todas as unidades: no Centro Universitário Uninassau, no bairro Farol; na sede da antiga FAT, atual Centro Universitário Mário Pontes Jucá (UMJ), no Barro Duro; e na sede do Procon Maceió, na Rua Dr. Pedro Monteiro, 47, no Centro.

O funcionamento dos núcleos da UMJ e Uninassau é de 8h às 13h, de segunda a sexta-feira. Para formalizar as denúncias, é necessário entregar as cópias do RG, CPF, comprovante de residência e demais documentos que forem necessários para embasar as reclamações de abuso aos direitos do consumidor.

Nicolle Salazar/Ascom Procon Maceió

Fonte: Prefeitura de Maceió