Educação reforça cuidados junto às escolas no combate à dengue

Lives promovidas com foco nas escolas faz parte da programação Maceió contra a dengue

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) está empenhada no trabalho de combate à dengue no município de Maceió. A questão motivou a realização da palestra “Maceió unida contra a dengue: reforçando orientações e cuidados nas unidades de ensino”, nesta quarta-feira, 11, através do canal da Semed no YouTube. Iniciativa faz parte da mobilização municipal no combate ao mosquito transmissor aedes aegypti e tem como objetivo promover ações  formativas e orientar os professores na abordagem sobre a dengue dentro da sala de aula, mesmo que de forma remota.

Iniciativa também busca conscientizar os alunos e as famílias sobre como evitar o aumento dos casos de dengue

A palestra contou com a participação da médica veterinária Carmem Lúcia Queiroz que falou sobre a importância de combater o mosquito transmissor. “Nós estamos em um período de chuva e isso acarreta acúmulo de água em diversas situações. Então, nosso bate papo é sobre essas doenças transmitidas pelo mosquito aedes aegypti, como dengue, zica e chikungunya”, explicou ela.

A médica também alertou para a necessidade de controlar a proliferação do mosquito transmissor através de uma gestão integrada. “Dentre elas, a vigilância epidemiológica, atenção ao paciente com atendimento médico, diagnóstico laboratorial e a comunicação social, além do manejo integrado dos vetores, que corresponde aos controles biológico, químico e cultural, conscientizando e informando a população”, acrescentou Carmem Lúcia, sem esquecer de estabelecer um controle jurídico nos imóveis que se encontram abandonados e o controle físico com a destruição dos criadouros.

Sobre os cuidados nas unidades de ensino da Semed, Carmem Lúcia destacou a necessidade de manutenção das calhas nos prédios, principalmente neste período de chuva; evitar depósitos com água de chuva, manter as caixas d’água bem vedadas, cuidados com os brinquedos pedagógicos das escolas, atenção a vegetação no entorno da escola, pneus utilizados nas atividades didáticas e descarte adequado do lixo escolar. No final da palestra, a médica disponibilizou o disk denúncia 3312-5495  para necessidade da presença dos agentes de combate às endemias nos referidos locais.

Ainda dentro da programação, na quinta-feira, 12, foi realizada outra palestra online, com o tema “Projeto Escola Alerta no combate ao aedes aegypti”, com as técnicas do setor de Educação Ambiental e Sustentabilidade da Semed, Maria Salete Leite Maia e Jane Clayde de Melo Pontes Costa, tendo a mediação de Deana Karla Borges Correia.

A coordenadora de Programas e Projetos Educacionais da Semed, Katia Lessa, explica que a participação da Semed na programação é de grande importância, em virtude do impacto que o tema provoca junto à comunidade escolar e no entorno das unidades de ensino.

João de Oliveira Filho  / Ascom Semed

Fonte: Prefeitura de Maceió