Cartão de Vacinação em braile completa um mês de promoção da acessibilidade

Iniciativa pioneira da Prefeitura de Maceió continua à disposição do público e facilita a inclusão social em paralelo ao avanço da imunização contra a Covid-19

Proporcionando acessibilidade às pessoas com deficiência visual, o cartão de vacinação contra a Covid-19 em braile completa, neste domingo (15), um mês do seu lançamento em Maceió. A capital alagoana foi a primeira do país a lançar esse instrumento de inclusão social e promoção da acessibilidade.

Com 70 atendimentos registrados até a última quinta-feira (12), o cartão em braile consolida a importância de atender a todos os públicos de forma igualitária e acessível.

Presidente da Associação de Cegos de Alagoas, Cícera Oliveira comemora a iniciativa da Prefeitura. Foto: Secom Maceió

Para a presidente da Associação de Cegos de Alagoas, Cícera Oliveira da Cruz, a iniciativa representa uma conquista para as pessoas com deficiência visual, que passam a ter autonomia sobre as informações da vacinação.

“Com o cartão de vacinação convencional, as pessoas com deficiência visual não têm acesso à leitura, precisando do auxílio de outra pessoa para saber a data da próxima vacinação, por exemplo. Com o cartão de vacinação em braile, elas passaram a ter acesso às informações, garantindo mais autonomia”, explica.

Secretária de Saúde, Célia Fernandes, defende ampliação das ações inclusivas. Foto: Secom Maceió

A secretária municipal de Saúde, Célia Fernandes, destaca a relevância de fortalecer a acessibilidade e a inclusão. “É fundamental contemplar todos em cada ação do poder público. Não vamos ficar só no cartão. Essa visão inclusiva vai melhorar a cada dia. O Plano Municipal de Saúde, que está sendo construído de forma participativa com a população usuária dos serviços públicos municipais, é um instrumento de promoção da inclusão”, pontuou.

Coordenador do GGI Covid, Claydson Moura, celebra atitude pioneira da Prefeitura de Maceió. Foto: Secom Maceió

O coordenador do Gabinete de Gestão Integrada para Enfrentamento da Covid, Claydson Moura, ressalta que a promoção da inclusão social precisa ser uma atitude habitual a ser exercida por todas as pessoas.

“Só temos o que comemorar. Maceió deu mais este exemplo ao Brasil, é a primeira cidade do país a disponibilizar o cartão de vacinação contra a Covid-19 em braile. A inclusão social tem que ser um hábito. E o prefeito JHC tem conduzido seus secretários e todos os maceioenses a terem um olhar mais inclusivo”, comenta.

A Prefeitura de Maceió pretende distribuir dois mil cartões de vacinação em braile, atendendo toda a comunidade com deficiência visual da capital.

Marília Ferreira / Ascom SMS

Fonte: Prefeitura de Maceió