Procura por pontos de vacinação aumenta com aplicação de 3ª dose em Maceió

Pessoas com cinco meses ou mais da 2ª dose foram garantir a dose de reforço

A procura pelos pontos de vacinação aumentou, consideravelmente, nesta quarta-feira (17), após o anúncio feito pelo prefeito de Maceió, JHC, que disponibilizou a 3ª dose contra a Covid-19 para toda a população adulta com cinco meses da 2ª dose das vacinas AstraZeneca, CoronaVac e Pfizer. Até meio-dia de hoje, já tinham sido imunizados 589 maceioenses coma dose de reforço. No dia anterior, foi vacinado o total de 950 pessoas com a dose de reforço na capital.

A técnica de enfermagem Celiane Rodrigues, faz parte da equipe de vacinadores do drive- thru de Jaraguá e afirma que desde o início do dia o movimento só aumentou no ponto de vacinação.

“Ficamos surpresos com o número de pessoas que procuraram o drive após a ampliação do público, pois nos últimos dias, o movimento vinha caindo bastante. Para nós, é uma felicidade quando vemos essa fila de carros, pois isso quer dizer que mais pessoas estão recebendo o imunizante e que logo chegaremos ao fim desse capítulo de nossas vidas”, destacou.

Celiane Rodrigues, técnica de Enfermagem do drive-thru de Jaraguá. Foto: Ascom SMS

A dose de reforço está sendo aplicada em todos os pontos de vacinação da capital, que funcionam nos drive-thrus de Jaraguá e da Justiça Federal, na Serraria; nos shoppings Maceió (Mangabeiras) e Pátio (Cidade Universitária); Papódromo (Vergel do Lago), Ginásio Arivaldo Maia (Jacintinho), Terminal do Osman Loureiro (Clima Bom) e Praça Padre Cícero (Benedito Bentes).

Os pontos dos drive-thrus e shoppings funcionam de terça a sexta em horário de corujão – das 9h às 21h – e aos sábados e segundas-feiras, das 9h às 16h. Demais pontos funcionam de segunda a sábado das 9h às 16h. No domingo, todos os pontos ficam fechados.

Graciete Moura, de 66 anos, compareceu ao drive-thru de Jaraguá, na tarde desta quarta-feira (17), para tomar sua dose de reforço e afirma que o momento foi de grande vitória e renascimento.

“Tive um genro entubado, que passou por recente cirurgia, decorrente de sequelas dessa doença. Por isso, hoje é um dia de muita vitória e felicidade. Se eu já era feliz antes de tudo isso acontecer em nossas vidas, agora eu sou capaz de pular de alegria”, comemorou Graciete.

A diretora de Vigilância em Saúde, Fernanda Rodrigues, destaca a ampliação do público como mais um passo importante na luta contra o coronavírus e faz um chamamento para que todos os maceioenses compareçam aos pontos de vacinação para garantir sua imunização.

“Sabemos que, após determinado tempo, o nosso organismo começa a reduzir sua capacidade de resposta ao imunizante e, por esse motivo, precisamos que todos garantam sua dose de reforço. É a partir dela que poderemos fortalecer ainda mais nosso sistema imunológico e garantir que mais maceioenses estejam protegidos contra formas graves do vírus”, ressaltou.

Fernanda Rodrigues, diretora de Vigilância em Saúde da SMS. Foto: Ascom SMS

Terceira dose

Maceió conta com 123.866 pessoas elegíveis aptas a receberem a 3ª dose. Destas, 49.704 já foram imunizadas até esta quarta-feira (17), restando 74.162 maceioenses a receber o imunizante.

Documentos necessários
Para se vacinar, pessoas com 18 anos ou mais devem apresentar documento de identificação com foto, comprovante de residência (não precisa cópia) e o cartão de vacinação com as informações da etapa anterior. A 3ª dose vale para quem tomou as duas doses de um dos imunizantes da Astrazeneca, Coronavac e Pfizer.

Conforme anunciado pelo Ministério da Saúde, quem tomou a Jansen deve tomar a 2ª dose após dois meses da 1ª do mesmo imunizante. Só após cinco meses poderá tomar a 3ª dose. Maceió aguarda o envio das doses de Jansen para vacinar o público com a 2ª dose. Pessoas imunocomprometidas continuam com intervalo de 28 entre a 2a e 3a dose, devendo apresentar, além do documento de identificação e do comprovante de residência, um dos citados abaixo:

– Prescrição médica com justificativa;
– Exames específicos que estabeleçam o diagnóstico;
– Relatório médico;
– Receitas para terapêutica específica de condições descritas;
– Guia de Encaminhamento específico.
Imunossuprimidos que devem tomar a terceira dose
I – Imunodeficiência primária grave.
II – Quimioterapia para câncer.
III – Transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) uso de drogas imunossupressoras.
IV – Pessoas vivendo com HIV/AIDS.
V – Uso de corticóides em doses ≥20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por ≥14 dias.
VI – Uso de drogas modificadoras da resposta imune (vide tabela 1).
VII – Auto inflamatórias, doenças intestinais inflamatórias.
VIII – Pacientes em hemodiálise.
IX – Pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas
Confira a lista de drogas modificadoras da resposta imune e doses consideradas imunossupressoras
Metotrexato
Leflunomida
Micofenolato de mofetila
Azatiprina
Ciclofosfamida
Ciclosporina
Tacrolimus
Mercaptopurina
Biológicos em geral (infliximabe, etanercept, humira, adalimumabe, tocilizumabe, Canakinumabe, golimumabe, certolizumabe, abatacepte, Secukinumabe, ustekinumabe)

Polyanna Monteiro- Ascom SMS

Fonte: Prefeitura de Maceió