Tijolo e cimento dão forma ao CMEI Cidade Sorriso para atender bairros da parte alta

Crianças de zero a cinco anos serão beneficiadas com o CMEI

Os investimentos em Educação na parte alta da capital de Alagoas estão transformando fisicamente os bairros para transformar vidas em um futuro breve. A Prefeitura de Maceió está erguendo o Centro Municipal de Educação Infantil no Conjunto Cidade Sorriso I e a performance da obra está impecável.

A estrutura completa tem mais de 2,3 mil m² para atender 188 crianças, em dois turnos (matutino e vespertino), sendo 94 pequenos em tempo integral. Segundo o secretário municipal de Educação, um dos pontos fortes desta unidade é sua localização. Elder Maia explica que o CMEI Cidade Sorriso deve acolher a demanda de diversas escolas de seu entorno na parte alta, como do Village, por exemplo.

Crianças de zero a cinco anos serão beneficiadas com o CMEI. Fabiana da Silva, mãe do pequeno Caleb Rayan, de 2 meses, vê através da construção da creche, uma esperança para sua vida e de seu filho.

“A construção desse CMEI representa algo muito importante, pois já tenho quatro filhos e será um imenso prazer tê-lo na creche para voltar a trabalhar. Não tenho ninguém para tomar conta dos meus filhos, então quando vou trabalhar tenho que pagar alguém para ficar com eles, principalmente o Caleb”, disse Fabiana da Silva. 

Para Sandra Monteiro, outra mamãe ansiosa pela unidade diz que a obra vem como uma bênção para a comunidade.

“Tenho três filhos e isso aqui é uma bênção, porque há necessidade de tirar as crianças da situação de rua e colocar num equipamento como esse. Aqui tinha uma creche, mas não era suficiente para as necessidades. Então, colocávamos em outros bairros, e havia a dificuldade de transporte, porque nem sempre as mães têm condições de se deslocar para outros bairros. Esse é um momento importante para nós”, comemorou Sandra.

Estrutura – Os alunos contarão com playground, jardim, salas administrativas, de atividades, professores e reuniões. A estrutura que está em construção dispõe ainda de fraldários, sala de amamentação, sanitários, lactário, copa, salas multiuso, entre outros equipamentos que vão garantir conforto para servidores e estudantes.

“Maceió está entre as capitais com o menor número de alunos matriculados nessa etapa, que é a mais importante da vida educacional de um aluno. Somente 1% dos alunos dos CMEIs estudam em tempo integral aqui na capital. A criança que permanece na escola o dia todo se torna um adulto mais capaz, mais acolhedor e mais preparado para o mercado de trabalho”, reforçou o secretário Elder Maia.

A obra está orçada em R$ 1,7 milhão e o cronograma de conclusão de oito meses está sendo cumprido à risca.

Ascom Semed

Fonte: Prefeitura de Maceió