Alunos recebem medalha de bronze na 15ª Olimpíada Brasileira de Matemática

Cerimônia de entrega de medalhas homenageou alunos do município e valorizou esforço para obtenção das medalhas

As práticas pedagógicas desenvolvidas nas salas de aula da Rede Municipal de Maceió estão dando bons frutos e garantindo premiações para os esforços dos alunos. Na manhã desta segunda-feira (29), quatro alunos da Rede foram homenageados e receberam medalha de bronze da 15ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep). A solenidade ocorreu no Instituto Federal de Alagoas (Ifal), localizado no Centro de Maceió.

Solenidade entregou medalha para os quatro alunos da Rede. Foto Nathan Araujo/ Ascom Semed

A cerimônia foi uma premiação voltada para as provas que ocorreram no ano de 2019 e contou com a presença da coordenadora do Ensino Fundamental da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Juliane Medeiros, do diretor-geral do Instituto Federal de Alagoas (Ifal), Damião de Farias, além dos gerentes da 13ª e 1ª gerências estaduais de ensino.

Os alunos Alycia Gabriela da Escola Municipal Dr Pompeu Sarmento, localizada no Barro Duro, Manoel Messias da Escola Zumbi Dos Palmares, do Clima Bom, e os estudantes Kayque Sadala e Kaue Sadala da Escola José Haroldo Da Costa, ambas do Tabuleiro dos Martins, foram os premiados com as medalhas de bronze da Obmep.

Manoel Messias e Alícia Lima foram dois dos alunos que receberam a medalha na cerimônia. Foto: Nathan Araujo/ Ascom Semed

A coordenadora do Ensino Fundamental da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Juliane Medeiros falou do orgulho do empenho dos estudantes na olimpíada e ressaltou que as competições são potentes influenciadoras para obtenção do conhecimento da matemática.

Juliane Medeiros falou da importância das práticas competitivas para a formação do aluno. Foto: Nathan Araujo/ Ascom Semed

“É um orgulho para nós ter esses alunos representando a Rede Municipal, são meninos que se destacam na matemática, elemento importante para a formação do estudante e que faz parte do nosso currículo nacional. Buscamos incentivar a participação desses alunos em todas as competições”, disse Juliane.

O professor de matemática da Escola Municipal Dr. Pompeu Sarmento, Geraldo Ferreira, foi o cerimonialista do evento. Além de ser estimulador das práticas competitivas, o educador foi o responsável por inserir as competições na escola Pompeu Sarmento. Geraldo fala do empenho que é mobilizado entre alunos e professores para a obtenção do êxito nas modalidades competitivas.

Geraldo Ferreira falou do empenho que os alunos colocam para a conquista das medalhas. Foto: Nathan Araujo/ Ascom Semed

“Nós fizemos um trabalho de preparo bem prolongado presencialmente. Hoje é uma culminância de um trabalho de muito tempo, a olimpíada não é apenas a prova, ela dura todo o ano de preparação. Fizemos um trabalho intensivo, não só dentro da escola mas também com atividades extraclasse, e isso agrega valores para que esses alunos consigam obter êxito na 15ª edição da Obmep”, disse Geraldo.

A ex-aluna da escola Municipal Pompeu Sarmento, Alícia Lima, foi uma das medalhistas a ser contemplada com a medalha de bronze na olimpíada. A menina que foi uma das protagonistas na realização pela Escola Municipal Pompeu Sarmento teve sua conquista bem-sucedida e conta que foi tudo realizado com muito esforço.

“Eu estudei bastante durante todo o ano. Toda olimpíada em que eu participo meu objetivo sempre é ser medalhista e essa é a minha primeira medalha desde o ano de 2019, me sinto muito bem mas ainda quero um pouco mais, minha ambição ainda não acabou”, explicou Alícia.

Nathan Araujo (estagiário) / Ascom Semed

Fonte: Prefeitura de Maceió