Secretário defende que população busque vacinação contra covid-19

O secretário-executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz, defendeu hoje (13) que a população busque a vacinação contra a covid-19 para que o país possa vencer a pandemia de covid-19. Durante entrevista ao programa A Voz do Brasil, o secretário também falou sobre os investimentos da pasta durante a pandemia e anunciou a realização de um evento para avaliar uma nova estratégia de testagem da população. 

De acordo com Cruz, a vacinação da população está permitindo a diminuição de mortes e internações pela covid-19. Até o momento, o país aplicou mais de 160 milhões de doses, sendo 111 milhões de primeira dose, totalizando 70% da população vacinável. Com duas doses, mais de 48 milhões de pessoas foram imunizadas. 

“A vacinação é a principal arma no enfrentamento à pandemia. A gente verifica que, com o avanço da vacinação, há uma redução significativa na quantidade de óbitos e internação. Por esse motivo, a gente incentiva que toda a população busque a vacinação, porque ela, junto com as medidas não farmacológicas, se mostram medidas extremamente eficientes para que a gente possa vencer a pandemia”, afirmou. 

Cruz informou que, em agosto, devem chegar ao Brasil cerca de 66 milhões de doses, número que poderá ser aumentado para 80 milhões se o Instituto Butantan, responsável pela produção nacional da Coronavac, consiga antecipar a entrega de vacinas. 

O secretário afirmou ainda que o ministério não tem vacinas paradas em estoque. Ele disse que as informações sobre o processo de recebimento e entrega de vacinas será colocado no site da pasta para informar sobre as datas de chegada dos imunizantes, liberação pelos órgãos de fiscalização e envio aos estados. 

“Não existe nenhum entrave. O ministério, por obvio, trabalha sempre para aprimorar todos os processos. Esse é o nosso compromisso, esse é o nosso esforço diário. Mas, não tem nenhum entrave. O ministério trabalha e trabalha firme para fazer com que essas vacinas cheguem de forma mais rápida ao braço de todo povo brasileiro”, declarou. 

Testagem 

O secretário também anunciou que o ministério vai realizar amanhã (14), em Brasília, um evento de testagem da população, que deve ser replicado para outros estados. A preocupação é com a disseminação da variante delta da covid-19, considerada mais contagiosa. 

“A ideia é iniciar uma nova estratégia de testagem, onde se faz uma busca ativa e se testam as pessoas em locais de grande circulação”, disse. 

Durante a entrevista, Rodrigo Cruz também informou que a pasta investiu cerca de R$ 64 bilhões no ano passado no enfrentamento à pandemia, recursos que foram utilizados para custear leitos de UTI, compra de medicamentos e compra de vacinas contra a covid-19. Neste ano, o valor chega a 47 bilhões para as mesmas despesas. 

Certificado de Vacinação 

Cruz também informou que o cidadão que precisar comprovar a vacinação contra a covid-19 poderá acessar um aplicativo disponibilizado pela pasta. Na plataforma, estará disponível o certificado digital de vacinação. 

“A recomendação é que baixe o aplicativo ConectSUS, se cadastre no gov.br [site do governo federal], e partir daí, de forma automática, você receberá o certificado digital de vacinação”.

Fonte: Agência Brasil / EBC